sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Indicados ao Oscar

Melhor filme
O Curioso Caso de Benjamin Button
Frost/Nixon
Milk - A Voz da Igualdade
O Leitor
Quem Quer Ser um Milionário? (Slumdog Millionaire)
.
Melhor atriz
Anne Hathaway (O Casamento de Rachel)
Angelina Jolie (A Troca)
Melissa Leo (Frozen River)
Meryl Streep (Dúvida)
Kate Winslet (O Leitor)
.
Melhor ator
Richard Jenkis (The Visitor)
Frank Langella (Frost/Nixon)
Sean Penn (Milk - A Voz da Igualdade)
Brad Pitt (O Curioso Caso de Benjamin Button)
Mickey Rourke (O Lutador)
.
Melhor atriz coadjuvante
Amy Adams (Dúvida)
Penelope Cruz (Vicky Cristina Barcelona)
Viola Davis (Dúvida)
Taraji P. Henson (O Curioso Caso de Benjamin Button)
Marisa Tomei (O Lutador)
.
Melhor ator coadjuvante
Robert Downey Jr. (Trovão Tropical)
Philip Seymour Hoffman (Dúvida)
Heath Ledger (Batman - O Cavaleiro das Trevas)
Josh Brolin (Milk - A Voz da Igualdade)
Michael Shannon (Foi Apenas um Sonho)
.
Melhor diretor
Danny Boyle (Quem Quer Ser um Milionário? - Slumdog Millionaire)
Stephen Daldry (O Leitor)
David Fincher (O Curioso Caso de Benjamin Button)
Ron Howard (Frost/Nixon)
Gus Van Sant (Milk - A Voz da Igualdade)

domingo, 18 de janeiro de 2009

"Nottub mimajneb ed osac osoiruc o"



Saí do cinema nesse sábado absolutamente maravilhado com o filme de David Fincher: “O Curioso Caso de Benjamim Button”. Fui pesquisar na internet o diretor do filme, pois não me lembrava de ter assistido outro filme dele. Surpreendi-me ao ver que ele, na verdade, tinha feito alguns filmes que eu gosto bastante. Entre eles “Clube da Luta” e “Se7en”. Ele conta a história de um homem que nasce com o corpo de um velho e que a medida que o tempo passa vai ficando cada vez mais jovem. É um filme fantasioso que mostra como seria a realidade de uma pessoa que possui critérios temporais diversos dos demais. O filme é realmente muito bom. Mas me identifiquei pessoalmente com a forma como a história é contada, bem como as várias situações engraçadas que se desenrolam durante o filme. Certas cenas me lembraram “Forrest Gump”, referência que percebi posteriormente em alguns sites e blogs. A película me encantou também pela beleza de vários personagens, em especial o representado por Brad Pitt, que está muito bem, e o da Tilda Swinton, que merecia um Oscar de Atriz Coadjuvante. Para mim, é um dos favoritos ao prémio da academia. Fiquei emocionado verdadeiramente pela bela história trágica de amor contada por Fincher.